X

Enciclopédia do aparelho digestivo

H > Hérnia de hiato
Especialidade: Gastroenterologia

O que é a hérnia de hiato?

O diafragma é o músculo entre o tórax e o abdome e ajuda o pulmão no processo de respiração. Possui um pequeno buraco (hiato diafragmático) que serve para esôfago passar do tórax para o abdome.

Eventualmente este buraco (hiato) pode estar mais alargado que o normal, facilitando assim que a porção inicial do estômago suba um pouco para dentro do tórax. Esta condição é chamada de hérnia de hiato, onde pequena parte do estômago passa através do diafragma e entra para dentro do tórax.

As hérnias de hiato são comuns após a meia idade e normalmente não causam problemas.

Qual é a causa?

Os médicos não sabem o que causa a hérnia hiatal. O que eles sabem é que eles acontecem com mais freqüência após a meia idade e em pessoas que fumam ou estão acima do peso

Quais são os sintomas?

Muitas pessoas com hérnia de hiato nunca terão quaisquer sintomas. A hérnia de hiato por si não é uma doença, é simplesmente uma condição alterada da anatomia da pessoa. No entanto, em alguns casos ela predispõe que o ácido do estômago volte para o esôfago. Este movimento para trás do ácido do estômago é chamado de refluxo e pode causar sintomas. Este problema é chamado de doença do refluxo gastroesofágico (DRGE).

Possíveis sintomas de refluxo ou DRGE são:

  • pirose, que é uma dor em queimação ou calor no peito, geralmente perto da parte inferior do esterno (osso da parte da frente do tórax), especialmente depois de comer grandes refeições ou deitar logo depois de comer
  • um gosto amargo ou azedo na boca causado pela volta dos alimentos ou acido do estomago
  • arrotos

Como é feito o diagnóstico?

Porque muitas hérnias de hiato não causam sintomas, elas são freqüentemente encontradas durante os exames para outros problemas. Se você tiver sintomas, o médico irá perguntar sobre seu histórico médico e examiná-lo.

Você pode ter que realizar exames para confirmar o diagnóstico e descartar outras causas de seus sintomas. Estes exames podem incluir:

  • endoscopia digestiva alta
  • raios-X contrastado do esôfago

Como é tratada?

O tratamento geralmente não é necessário se você não tem sintomas. Se você tem azia ou outros sintomas, o médico pode recomendar uma mudança em sua dieta. Se você está acima do peso, você também pode ser orientado a perder peso. Antiácidos podem ajudar você a se sentir melhor quando você tem azia. Seu médico também pode prescrever medicamentos para reduzir a quantidade de ácido que o estômago produz. Se os sintomas são graves e não são controlados por medicamentos ou outras medidas, o seu médico pode recomendar a cirurgia.

Como posso me cuidar?

  • Siga o tratamento recomendado pelo seu médico.
  • Se você estiver com sobrepeso, tente perder algum peso.
  • Se você costuma comer 1 ou 2 grandes refeições por dia, tente fracionar em 3 ou 4 pequenas refeições.
  • Evite beber álcool e comer alimentos que podem fazer pior o refluxo, como chocolate, alimentos com saber de menta, alimentos gordurosos, cafeína, frutas cítricas, ou produtos a base de tomate.
  • Vestir roupas soltas em torno de sua barriga e evitar cintos podem ajudar.
  • Sente-se durante as refeições, e espere pelo menos uma hora depois de comer antes de se deitar. É melhor não comer por 2 a 3 horas antes de ir para a cama.
  • Se o refluxo incomoda o seu sono, levante a cabeceira de sua cama de 6 a 8 centímetros colocando armação em blocos de madeira. Se você não pode levantar a estrutura da cama, tente colocar uma cunha de espuma sob a cabeça do seu colchão (almofada anti-refluxo). Usar simplesmente travesseiros extras não irá ajudar.
  • Não fume. Fumar pode aumentar o ácido do estômago. O ar que você engole enquanto fuma também pode aumentar a pressão na sua barriga. Fumar também aumenta o risco de câncer do esôfago e estômago.

Enciclopédia do Aparelho Digestivo